UM HOSPITAL QUE CUIDA E ENSINA ATRAVÉS DE UM TELHADO HORTA

O hospital Eskenazi Health, em Indianápolis-EUA, é com certeza diferente do que esperamos, com uma horta de aproximadamente 500 metros quadrados em sua cobertura.

Fruto de uma parceria entre ONG e hospital, a horta suspensa é aberta aos pacientes, funcionários e até mesmo para a comunidade. O cultivo de diversas hortaliças, temperos, verduras é feito por todos, e ainda pode-se aprender como preparar e por que é importante para a saúde. Os itens cultivados no telhado fazem parte da dieta dos pacientes, visitantes e funcionários.

É vital para as comunidades urbanas aprenderem mais não só sobre nutrição, mas também em como participar do crescimento de seus próprios alimentos, para assim terem acesso aos alimentos saudáveis ​​em seus próprios bairros. Sustentando nossa missão de capacitar as mulheres e famílias famílias a ter uma abordagem preventiva e pró-ativa para a sua saúde, a nossa parceria vai nos ajudar a fornecer um espaço seguro para os nossos participantes aprenderem sobre jardinagem, nutrição e bem-estar. ” – Rhonda L Bayless, diretora e fundadora do Centro de bem-estar para mulheres.

hortahospital3

1384552557026-30-ESKENAZI-111413 download (1)

FAZENDAS URBANAS

Em Julho de 2011 Andreas Graber e Roman Gaus perceberam que diversos telhados sem uso, poderiam ganhar vida! Então eles começaram a estudar uma forma de fazer fazendas urbanas e conquistar as coberturas da Suíça.

Com a certeza de que o alimento cultivado diretamente em seu telhado, a poucos passos de distância, que você vê, prova e cheira, fazem a diferença e ainda que as fazendas no telhado permitem às empresas rentabilizar os seus ativos imobiliários obsoletos e reduzir seu impacto ambiental eles criaram a empresa Fazendeiros Urbanos.

A primeira instalação, em Zurique, foi em uma escola e o cultivo faz parte da grade curricular!

kathrin-schulthess-05_cut_png mm_121114_Visualisierung_UrbanFarmers_LokDepot_Basel size_590_telhados-industriais-fazendas-urbanas-suica-2

The Green Way – Via Verde – Nova Iorque

Situado no coração do Bronx Sul, o Via Verde, ou The Green Way, é um modelo de  vida verde no seu melhor. Projetado por Dattner Arquitetos e Grimshaw Architects para criar, o que se espera, o futuro da habitação saudável do centro da cidade. São 3.716m² de telhado verde!

via_verde9

 

Com uma alta incidência de asma no Bronx, junto com a obesidade em vigor, parcialmente devido ao acesso limitado a produtos frescos em bairros pobres, o Via Verde foi concebido para resolver tais problemas de saúde. Agora 100% vendido, há uma lista de espera de candidatos para residência, provando que a atração de um estilo de vida saudável tem forte apelo.

via_verde10

A tecnologia do telhado verde usado no Via Verde oferece aos moradores uma área para atividades de lazer. A variedade de plantas nos vários níveis do telhado do Via Verde inclui suculentas; gramados; flores perenes e anuais; diversos legumes, como couve e tomate; frutas, como framboesas e mirtilos; arbustos; e até mesmo pequena macieira e pinheiros (estes são decorados no Natal).

via_verde7

A NATUREZA ENCONTRA ESPAÇO NOS TELHADOS DE NY

As cidades estão crescendo anualmente. Para acomodar tantas pessoas, cada vez mais prédios são construídos. E para onde vai a natureza, que antes habitava este espaço?

NY autorizou em 2010 a criação de abelhas, as colméias, antes proibidasenchem os telhados e coberturas dos prédios, encarregando-se da polinização e limpeza do ar! Sem contar na produção de mel, aproximadamente 45kg por colméia/ano, vendidos nos mercados e feiras da cidade.

how-bee-lightful-waldorf-astoria-new-york-beehives_2

As hortas também têm espaço nas alturas! O dono de uma mercearia em Upper East Sideproduz tomates, figos, ervas, beterrabas, tudo orgânico, em um prédio comprado em 1991. Cerca de 50% do que é vendido no estabelecimento, vêm do telhado!

p1010028

As fazendas urbanas e hortas comunitárias estão se espalhando pela cidade, que pretende ser a campeã americana do desenvolvimento sustentável, com incentivos fiscais aos que promovem as práticas nos telhados!

É o ciclo da vida, a natureza, retomando seu lugar nas cidades!

abelha-na-flor_2103_1024x768

Telhado verde servirá como horta orgânica em supermercado americano

Uma cadeia de supermercados americana, especializada em produtos orgânicos e naturais, a Whole Foods, lança em Lynnfield, MA, USA, sua primeira loja com uma horta no telhado. Esta cadeia prega a diferença que este tipo de produto pode fazer na qualidade de vida das pessoas e tem um alto padrão de qualidade, oferecendo somente o melhor aos seus consumidores.

whole_foods_lynnfield1

O telhado feito em cima da loja produz cerca de 5 mil quilos anualmente, que são vendidos na própria loja. E claro, toda a produção é feita utilizando métodos orgânicos. No primeiro ano, as mudas de ervas, folhas verdes, frutas e tubérculos foram trazidos pelos produtores locais e plantados no telhado. No futuro estufas serão instaladas e as sementes serão cultivadas no próprio local.

whole_foods_lynnfield7

O telhado conta com impermeabilização, irrigação e um sistema de telhado verde. Mais uma idéia para adotar e colocar em prática. Pode ser em casa, em cima de um shopping, restaurante, hortifruti e até supermercado. Qualquer cobertura serve para fazermos uma horta.

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DA ECOPAREDE

A Ecoparede, ou Jardim Vertical, é um sistema ecológico e sustentável que diminui os efeitos da emissão de carbono, melhorando a qualidade e umidade do ar. Entre seus inúmeros benefícios, funciona como excelente isolamento acústico e térmico. Os nossos Jardins Verticais podem ser encontrados em três sistemas: Jardim Vertical Canguru, Jardim Vertical Articulado e Brise Vegetal.

Jardim Vertical Canguru:

DSC_1618 - Cópia

Formado por contêineres de floreiras ou vasos, este sistema é projetado para reservar água e repassar o excedente ao vaso de baixo, formando um efeito cascata até o último recipiente. O sistema possui um controlador automático, que é ligado à rede de água, onde o tempo de rega é determinado.

Jardim Vertical Articulado:

DSC_0419 - Cópia

Adaptado à calha da casa, ele reaproveita a água que é escoada do telhado para irrigação das plantas no sistema. Também pode ser utilizado como um pequeno jardim dentro de casa, com reservatório de água e irrigação automatizada, servindo como uma pequena horta urbana.

Brise Vegetal:

Brise Vegetal na Feevale imagem 2

O Bise Vegetal é um sistema modular composto por contêineres dispostos na parte externa do prédio, onde as plantas, em geral trepadeiras, são conduzidas por cabos de aço inoxidável. Contribui para uma maior durabilidade dos prédios ao projetar sombra e diminuir a amplitude térmica. O método ainda possui ferti-irrigação automatizada.

Todos os nossos sistemas de Ecoparede aumentam o convívio com a natureza e impulsionam a biodiversidade. Adquirindo os nossos produtos, você não só possibilita que tudo isso ocorra, mas ainda melhora qualidade de vida de todos as pessoas que ama.

Horta orgânica no aeroporto de Chicago

Com uma demanda crescente por produtos frescos e sem agrotóxicos, observamos o surgimento de idéias inteligentes e inovadoras. Um bom exemplo deste tipo de abordagem com visão de futuro é o Jardim Urbano no Aeroporto Internacional O’Hare, em Chicago.OHareGarden

O O’Hare foi o primeiro aeroporto a abrigar uma horta hidropônica orgânica com mais de 1.000 plantas e cerca de 44 espécies diferentes. Entre elas: acelga, rúcula, manjericão, cebolinha, coentro, endro, sálvia, tomilho, orégano, flores comestíveis, alfaces mistas e uma variedade de pimentas.

O gênio por trás da instalação O’Hare, Future Growing LLC, defende que o que faz essa horta tão especial, é que não só estão produzindo alimentos saudáveis e sustentáveis, mas estão impactando positivamente a vida de quem passa pelo aeroporto.

ohare

As sementes são germinadas em pequenos cubos fabricados a partir de cinza vulcânica. Quando as plantas estão maduras, são transplantadas para torres circulares de PVC. Essas torres verticais possuem luzes de alta potência e contam com irrigação vertical integrada.

O sistema de irrigação funciona a partir do ciclo de uso e reuso de água e sais minerais, reduzindo até 95% do desperdício de água. As torres são acessíveis e de fácil manutenção, girando conforme a necessidade de manutenção ou vontade de colheita.

Nova Iorque terá o maior Telhado Verde do Mundo

Na cobiçada, fervilhante e poluída metrópole mundial, no bairro do Brooklin, será construído o maior telhado verde do mundo, com uma área de 9,3 mil metros quadrados, equivalente a dois campos de futebol no tamanho oficial da FIFA.

NOVA IORQUE FOTO NOTURNA

O Brooklin é considerado o bairro mais sustentável não somente dos Estados Unidos, como também do mundo. Nesse bairro já existem outros telhados verdes produtivos. São as denominadas hortas urbanas, que produzem toneladas de vegetais e hortaliças.

Já é comprovado que os tetos verdes têm a capacidade de regenerar a saúde do meio ambiente. Eles transformam áreas poluídas em locais aprazíveis para moradia humana e habitat para insetos polinizadores como borboletas, pássaros e outros animais de pequeno porte que haviam se afastado das metrópoles devido à urbanização desordenada.

Esta horta urbana, que pela grande área pode ser chamada de fazenda urbana, será construída sobre a cobertura de um enorme e antigo armazém da Marinha dos Estados Unidos. Como acontece em outros locais, prédios desocupados estão sendo reutilizados para contribuir com a melhoria do microclima. Além disso, os alimentos produzidos nesse local estarão isentos de aditivos químicos. Eles serão plantados de forma orgânica através da técnica de hidroponia.

        HIDROPONIA                  HORTA HIDRPONICA EM NY

Esse projeto é iniciativa de uma empresa que tem vasta experiência com a instalação de telhados verdes nos Estados Unidos. A empresa objetiva que a produção dessa horta venha suprir parte da demanda dos moradores do Brooklin.

Segue vídeo em inglês da primeira horta urbana dos Estados Unidos:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=KZN3ucwePGk

Horta no telhado de shopping utiliza resíduos da praça de alimentação como adubo.

Shopping Eldorado horta

Em fevereiro de 2012, o shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo, transformou a cobertura de seu edifício em uma horta em que o substrato é composto pelos resíduos da praça de alimentação. Cerca de 6 mil pessoas fazem suas refeições no local por dia e uma enorme quantidade de alimentos era descartada e desperdiçada gerando um grande volume de lixo orgânico e mal cheiroso.

SONY DSC

Antes de ser utilizado no telhado, o lixo passa por um sistema de compostagem. Com um investimento de R$ 12 mil por mês, o shopping afirma transformar 14 toneladas de produto orgânico (28% do volume gerado mensalmente). Todos os restos são levados para a unidade de reciclagem. O lixo orgânico é misturado com serragem que retira a umidade e evita que a comida apodreça e atraia bichos. A seguir é inserida no composto uma mistura de bactérias (catalisadores) que consomem os resíduos orgânicos e aceleram o processo de compostagem realizando em 3 horas uma tarefa que naturalmente ocorreria em 180 dias. O composto resultante tem tonalidade marrom e não é mal cheiroso. Ele é levado para a cobertura do edifício onde será esterilizado pela ação do sol, chegando a atingir 70°C, resultando em um excelente substrato para a horta.

Shopping Eldorado desenvolve projeto de compostagem de _sobras de alimentos

A horta do Eldorado atualmente tem 1.000 m², mas a administração do shopping quer ampliar essa área para que tome conta de toda parte superior do prédio até o final do ano. Com a vegetação se espalhando por todo terraço, a temperatura interna ficará mais amena, reduzindo o uso do equipamento de refrigeração que desperdiça 100.000 litros de água por dia e emite significativas quantidades de carbono na atmosfera.

Shopping Eldorado produz alface e berinjela em horta no _telhado, na zona oeste de SP

A horta já produziu berinjelas, alfaces, tomates, abóboras, jilós, manjericão, hortelã, erva cidreira e outras plantas medicinais. A produção é utilizada pelos funcionários do shopping, um local que era antes totalmente estéril, em plena Avenida Rebouças.

Em Porto Alegre e na cidade do México, a Coca-cola já tem telhado verde.

Há mais de um ano, a sede da Vonpar em Porto Alegre-RS, fabricante da Coca-cola, localizada no início da Free-way, teve seu telhado quase que inteiramente recoberto pelo Ecotelhado. Essa decisão de utilizar o telhado verde faz parte do compromisso que a Coca-cola assumiu em fazer uma diferença positiva no mundo. Por isso desde 2010, com a campanha “Flip”, a marca tem procurado convidar as pessoas a avaliar o uso do PET para o benefício do nosso planeta com ações em prol da sustentabilidade.

coca cola, sustentabilidade, telhado verde, cisterna de água

Já o prédio da Coca-cola na cidade do México teve uma renovação bem pontual em seu terraço seguindo o mesmo compromisso assumido aqui em Porto Alegre. Grande parte do local recebeu telhado verde dividido em três níveis. Bem no topo as plantas escolhidas foram os cactos e algumas nativas da região mexicana. Num segundo nível foi feito um paisagismo com espécies que tem coloração diversa e outras que florescem. No terceiro nível foram escolhidas plantas comestíveis, criando uma horta que serve de exemplo para futuros projetos de sustentabilidade que estão em plena ascensão nas escolas e em outros setores da cidade.

O projeto foi concebido pela Rojkind Arquitectos + Agent e conta ainda com cisterna de recolhimento de água da chuva, com capacidade de devolver 4.872 litros ao ciclo de água anualmente. Foram inseridos ainda coletores solares que produzem 3.840 Kw anualmente. O telhado captura 81 kg de partículas poluentes do ar e CO2 anualmente.

Coca cola na cidade do México tem telhado verde 1   Coca cola na cidade do México tem telhado verde 3   Coca cola na cidade do México tem telhado verde

No projeto original o local comportava um heliporto que caiu em desuso. Hoje lá está localizada a sede da Ciel Transformadora, que é uma plataforma de financiamento coletivo para projetos que tragam benefícios diretos para o meio ambiente. A marca abre espaço para facilitar o financiamento de propostas originais que promovam mudanças nas comunidades locais e que sejam viáveis de realização.

Na composição do projeto foram planejadas salas de reuniões ou negócios com móveis que podem ser removidos ou reconfigurados conforme a necessidade, dependendo de quem está trabalhando no espaço e quais projetos estão em andamento. Um dos projetos que já foi executado é a horta em escolas.

Telhados verdes podem gerar economia de 200 milhões de euros

Uma recente experiência com jardins e hortas no topo de edifícios em Londres, no Reino Unido, poderá confirmar a expressiva economia de até 200 milhões de euros. Essa iniciativa além de economizar energia irá fornecer alimentos para empresas e cantinas.

Essa experiência é financiada pela junta metropolitana de Londres e pela organização empresarial Inmidtown e envolve um investimento de cerca de 43 mil euros.

rf310820070901

Está prevista uma economia entre três e dez por cento nos custos de ventilação e de aquecimento dos edifícios, a partir desse projeto piloto, que será desenvolvido durante seis meses.

Os vegetais produzidos irão abastecer as cantinas das empresas e os desperdícios alimentares destas serão transformados em fertilizante para as plantas do telhado. As plantas são colocadas em sistemas modulares construídos com materiais recicláveis e para garantir a polinização, cada telhado tem uma colmeia. 

fac47884_0d8f_4c59_978c_e324e6eb65eb

As empresas encontram benefícios no espaço de convívio saudável que os telhados “verdes” proporcionam aos seus funcionários, além dos benefícios para a cidade, quanto à qualidade do ar e da biodiversidade, segundo a responsável da Inmidtown.

Segundo Tass Mavrogordato, diretora-executiva da Inmidtown, as próprias empresas veem benefícios nesta novidade, já que conseguem proporcionar aos funcionários um espaço onde podem interagir longe dos escritórios.

Essa é certamente uma experiência, que se obtiver resultado positivo poderá ser ampliada por toda cidade e servir de exemplo para o mundo inteiro.

Ter uma horta doméstica é muito mais simples do que você pensa

Que a Ecotelhado vem investido na elaboração de produtos que colaboram com a diminuição de temperatura interna, renovação do ar e embelezamento dos cenários urbanos, todo mundo sabe.

Mas o que pouca gente tem conhecimento é que, entre os diversos sistemas que oferecemos, dois estão se destacando no mercado – o Ecotelhado Hexa e a Ecoparede Canguru – justamente por oferecerem a possibilidade de cultivar hortaliças e construir uma horta urbana.

Unindo solução em design e sustentabilidade o Ecotelhado Hexa é um sistema modular em formato hexagonal, que possibilita fácil adequação a qualquer espaço.

“Muitos clientes estão nos procurando para instalar um ecotelhado que possibilite o cultivo de verduras e legumes, é uma tendência que vem se fortalecendo a cada dia”, explica o diretor de projetos, Henrique Guimarães.

Entre as vantagens estão o baixo peso, a alta capacidade de retenção de água e a excelente porosidade. O sistema pode ser empregado também como um reservatório de água da chuva.

Já a Ecoparede Canguru, também conhecida como parede verde ou jardim vertical, pode ser instalada em qualquer parede ensolarada.

Cada floreira tem 0,45 largura X 0,10 de altura e 0,12 de profundidade e pode receber diversos tipos de vegetação.

Gostou? Então acesse o nosso site e descubra qual é a melhor solução para você. Agora não tem mais desculpa para não ter a sua própria horta doméstica!

Posts relacionados: